Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

BTG Pactual mantém compra para Marcopolo com preço-alvo em R$ 5,50

Investing.com Brasil - 06/09/2019 - 17:16
Marcopolo
No longo prazo, o mercado doméstico de ônibus deverá se estabilizar em 21 a 22 mil unidades, o que ainda implica 20% a 25% de aumento nos níveis atuais da indústria (Imagem: Facebook Marcopolo)

Por Investing.com

O BTG Pactual (BPAC11) manteve nesta sexta-feira a recomendação de compra para a Marcopolo (POMO4), mantendo o otimismo com a companhia e a recuperação do setor. A expectativa do banco é que os resultados mantenham a recuperação gradual no terceiro e quarto trimestre do ano. O preço-alvo de 12 meses é R$ 5,50.

A equipe do BTG destaca que, apesar de uma comparação anual mais forte do ano passado (pré-compras de ônibus interurbanos no 3T18), o crescimento favorável do câmbio e do volume (urbano e micros) deve sustentar uma melhoria da margem no terceiro trimestre.

No longo prazo, o mercado doméstico de ônibus deverá se estabilizar em 21 a 22 mil unidades, o que ainda implica 20% a 25% de aumento nos níveis atuais da indústria, o que sustenta a tese de recuperação da Marcopolo. Para os analistas, as ações estão negociando perto de 11x P/E20, abaixo de outros nomes de bens de capital domésticos.

Em encontro com investidores, a Marcopolo mostrou confiança no mercado doméstico, com o segmento urbano apresentando o maior crescimento de volume, impulsionado por aumentos nas tarifas de ônibus e pelo processo de renovação da frota da cidade de São Paulo. Para o projeto Caminhos da Escola, a Marcopolo recebeu pedidos de 3.600 ônibus (dos 6.200 leiloados), com produção prevista para dezembro. E na frente internacional, algumas operações (por exemplo, Índia e Austrália) estão sendo reestruturadas para absorver adequadamente seu potencial de mercado.

E é justamente na frente do mercado doméstico de ônibus, que os analistas enxergam um grande crescimento de volume este ano para segmento urbano, refletindo um processo de renovação de frota em algumas grandes cidades. O grande evento é o processo de recompra de linhas de ônibus de São Paulo, pois a cidade possui a maior frota de ônibus públicos do Brasil (quase 14 mil unidades).

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Para eles, apesar totalmente fornecido pelo concorrente Caio Induscar, o crescimento do volume de ônibus em São Paulo ajuda a melhorar as condições de preços em outros municípios, o que é positivo para a Marcopolo. No segmento interurbano, e apesar da forte concorrência do crescimento de volume da Comil e da Busscar, as margens estão melhorando gradualmente à medida que a demanda está se mostrando resiliente, apoiando o processo de recuperação consolidada da POMO.

Última atualização por Vitória Fernandes - 06/09/2019 - 17:16