Cotações por TradingView

BTG Digital pode valer até R$ 20 bilhões, avalia Morgan Stanley

Gustavo Kahil - 08/05/2019 - 21:33
BTG Digital
“O mercado está subestimando o potencial acréscimo de valor da BTG Digital”, diz o Morgan Stanley (Imagem: Facebook da empresa)

A plataforma de investimentos do BTG Digital, lançada no final de 2016, pode valer entre R$ 10,5 bilhões e R$ 19,5 bilhões, o equivalente a 30% a 55% de todo o valor de mercado do BTG Pactual (BPAC11), estima o Morgan Stanley em um relatório assinado por Jorge Kuri, Jorge Echevarria e Eugenia Sanchez.

A equipe esteve recentemente reunida com a administração da plataforma de investimentos. A impressão obtida é de que o Digital possui inúmeras vantagens competitivas e oferece sinergias atraentes com o banco.

Ao lado da XP

Para se ter uma ideia comparativa, o Itaú (ITUB4) avaliou a XP Investimentos em R$ 12 bilhões quando tentou comprar o controle da empresa em maio de 2017. Naquele momento, ressalta o Morgan Stanley, a XP possuía R$ 97 bilhões de ativos sob administração e 410 mil clientes.

Continua depois da publicidade

Usando a avaliação do Itaú-XP de relação de 12% dos ativos totais, o alvo do BTG de R$ 150 bilhões em ativos totais (com 300 mil clientes) implicaria em um valor de R$ 18 bilhões para o Digital.

“O mercado está subestimando o potencial acréscimo de valor da BTG Digital”, apontam os analistas.

Os analistas assumem que os cálculos são simplistas e utilizam referências imperfeitas, mas ainda assim sugerem que a ferramenta poderá trazer um potencial de valorização significativo para o BTG no médio prazo.

Mercado de R$ 1 trilhão

O BTG está posicionando a BTG Digital como uma gestora de ativos para o segmento de classe média alta e esta proposta, entendem Kuri, Echevarria e Sanchez, busca um mercado de R$ 1 trilhão em ativos.

Esta é a conta: os clientes de varejo de alta renda atualmente representam apenas 8% das 77 milhões de contas de investimento no país, mas 30% dos R$ 2,9 trilhões da indústria.

Além disso, os executivos do BTG estimam que os ativos de varejo deste público cresçam em um multiplicador de 3 a 4 vezes o PIB à medida que a economia se recupera.

“Além disso, apesar de seu foco no segmento superior do varejo, eles ainda pretendem alcançar clientes na extremidade inferior do private banking (<R$ 50 milhões) e no topo da base de varejo (R$ 30.000-50.000)”, informam os analistas.

Downloads do aplicativo do BTG Digital por mês (em milhares)

Fonte: Morgan Stanley Research/SensorTower

O Morgan Stanley tem a recomendação de compra (overweight) e preço-alvo de R$ 45 para as ações do BTG Pactual.

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você