Últimas Notícias Comprar ou vender Finanças Pessoais Criptomoedas Economia Política

Braskem

Braskem pode seguir passos da Vale e liberar valor ao acionista

Gustavo Kahil - 23/10/2017 - 22:39

Braskem

O Santander avalia que um novo acordo de acionistas da Braskem (BRKM5) pode ajudar a destravar valor em suas ações, avalia o banco em um relatório enviado a clientes e assinado por Gustavo Allevato.

Gostou desta notícia? Receba nosso conteúdo gratuito

Segundo ele, que esteve reunido com a administração da empresa, mudanças na governança corporativa podem funcionar como catalisadores para os papéis, tal qual o rumo tomado pela Vale neste ano.

“Acreditamos que os acionistas controladores da Braskem continuam com suas discussões sobre um novo acordo de acionistas. Reiteramos nossa visão de que um novo acordo pode liberar valor para todos os acionistas, incluindo os minoritários”, avalia Allevato.

O analista considera que mudanças recentes no Conselho de Administração da empresa – com aumento no número de membros independentes para sete – são um passo na direção certa no âmbito da governança corporativa.

A recomendação é de compra, com um preço-alvo de R$ 51,50. O valor corresponde a um potencial de valorização de 11,5%. Em 2017, os ativos acumulam alta de 35%. A Braskem tem o seu capital dividido entre a Petrobras (36,1%), Odebrecht (38,3%) e o restante em circulação no mercado.

 

Últimas Notícias