Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Brasil antecipou vendas de 35% da soja; recorde crescerá com o dólar do tamanho atual

14/11/2019 - 16:07
Soja que ainda vai ser colhida já foi comercializada em bons volumes (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

Com um pouco da demanda e muito do câmbio, os produtores de soja trataram de aproveitar o cavalo encilhado passando na porteira, para ficar no jargão da agropecuária, e anteciparam muito a venda da safra nova.

Já é recorde a comercialização da oleaginosa, nem bem o País passou dos 37% de área plantada.

Nas estimativas mais reais, levantada por Vlamir Brandalizze, foram comercializadas 35% da safra 19/20, que está prevista para ficar entre 125 e 128,8 milhões de toneladas – este último número é o que espera a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

“É a melhor média histórica”, avalia o analista da Brandalizze Consulting.

E os valores médios praticados igualmente são considerados bons, por isso também os produtores se anteciparam.

No Mato Grosso, a maior parte dessas vendas foi em torno dos R$ 70,00 a saca. E nos portos, segundo Brandalizze, a média foi de R$ 85,50.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

E com o dólar assumindo mais elevação, na altura dos R$ 4,18, enquanto Donald Trump e a China não se entendem, o consultor também acredita que os produtores devem seguir “aproveitando o cavalinho passando na porta”.

Ele crê que os exportadores devam fechar posições e fazer médias.

Pode, portanto, dezembro chegar com o plantio finalizado e um percentual maior de soja vendida antes da colheita.

 

Última atualização por Giovanni Lorenzon - 14/11/2019 - 16:07