Últimas Notícias Eleições 2018 Comprar ou vender?
Cotações por TradingView

Valor de mercado de empresas da bolsa tomba US$ 317,9 bi em 2018

Marcel Salim - 25/06/2018 - 13:58
(Crédito: Divulgação/Bovespa)

O valor de mercado somado entre as empresas listadas na bolsa brasileira tem contraído fortemente em 2018, acumulando desvalorização de 30% ou US$ 317,9 bilhões, aponta levantamento efetuado pela consultoria Economática e que foi divulgado nesta segunda-feira (25). As companhias que integram o setor bancário lideram as perdas.

Em 26 de janeiro de 2018, o valor de mercado das companhias totalizava mais de US$ 1 trilhão – patamar não visto desde setembro de 2014. Desta data até a última quinta-feira (21), período em que foi registrado o menor patamar, o valor de mercado das empresas tombou para US$ 752,1 bilhões, cifra equivalente ao visto no mês de julho de 2017. O pior patamar foi registrado em 21 de janeiro de 2016, quando totalizou US$ 391,5 bilhões.

Maiores perdas

Entre as empresas que mais perderam valor de mercado entre 26 de janeiro e 22 de junho de 2018, destaque para o Itaú Unibanco, cujo recuo foi de US$ 100,2 bilhões para US$ 63,8 bilhões: perda de 36,4% ou US$ 36,5 bilhões. No mesmo período, o Bradesco perdeu 43,7% em valor de mercado (US$ 34,3 bilhões).

De acordo com a Economática, na lista das 20 empresas com maior recuo de valor de mercado, 19 tiveram perda superior a 30%. Apenas a Telefônica Brasil registrou queda inferior (-26%). Já a maior queda percentual foi da BRF (-56,1%). Confira abaixo:

Na contramão

Em sentido contrário, as companhias dos setores de Energia Elétrica e Papel & Celulose conseguiram ampliar o valor de mercado no período analisado (entre 26 de janeiro e 22 de junho). O destaque fica para a Suzano Papel e Celulose, com valorização de 78,3%, ampliando de US$ 7,1 bilhões para US$ 12,7 bilhões. Confira a lista abaixo:

 
Últimas Notícias