Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Bolsonaro defende exploração da Amazônia e desenvolvimento com agenda ambiental

Investing.com Brasil - 10/10/2019 - 11:58
Jair Bolsonaro
Presidente manteve um discurso parecido ao realizado na abertura da Assembleia Geral da ONU (Imagem: Reuters/Adriano Machado)

Por Investing.com 

O presidente da República, Jair Bolsonaro, voltou a defender a atuação do governo na esfera ambiental e disse que o desenvolvimento do país virá aliado à ‘agenda internacional ambiental’. Bolsonaro abriu evento Fórum de Investimentos Brasil, organizado pelo governo federal, que ocorre nesta quinta-feira e sexta-feira em São Paulo (SP).

Falando após Paulo Guedes, Ernesto Araújo e Onyx Lorenzoni, o presidente manteve um discurso parecido ao realizado na abertura da Assembleia Geral da ONU em setembro e disse que o Brasil está de volta no caminho do desenvolvimento e fez críticas à forma que as queimadas na Amazônia foram cobertas pela mídia e utilizadas pelos governos estrangeiros.

“A Amazônia é um patrimônio brasileiro”, disse o presidente, que defendeu que a área seja explorada de forma sustentável. “Queremos seguir a agenda internacional ambiental, que deve ser casada com o nosso desenvolvimento”, completou.

O garimpo na região deverá ser legalizado, de acordo com Bolsonaro. “Os índios querem investir nas terras e garimpar”, avaliou antes de completar que a extração deverá ser permitida a indígenas e brancos.

A questão das queimadas e proteção da Amazônia tem sido um teste para o governo federal, que tem sua base dividida na questão ambiental.

O agronegócio exportador teme sofrer restrições e barreiras com as dúvidas em relação à proteção do meio ambiente no país e acordos comerciais como o Mercosul e a Europa podem ser suspensos ou adiados. Já parte do governo nega as mudanças climáticas e reduz as fiscalizações em áreas de desmatamento e garimpo na Amazônia.

Onyx convida investidores

Antes de o presidente discursar, Onyx Lorenzoni falou para a plateia de empresários e investidores e defendeu que o Brasil mudou e que novas possibilidades de investimento surgem.

“Venha para o Brasil que terá uma ótima rentabilidade, ajudando no desenvolvimento”, disse Lorenzoni.

O ministro reafirmou o interesse expressado minutos antes por Guedes e Ernesto Araújo de que o Brasil quer entrar na OCDE e disse que reduzirá o “tamanho e o peso” do governo.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Rafael Borges - 10/10/2019 - 11:58