Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Boi comum (de qualidade) acima das referências médias marcaram negócios pontuais nesta 6ª feira

Giovanni Lorenzon - 16/08/2019 - 15:49
Negócios pontuais acima da referência média mostra fôlego ainda para bois comuns (Crédito: Gabriel Jabur/Agência Brasília)

O Balizador GPB informou negócio com o boi gordo comum nesta sexta (16) a R$ 159,00, com 30 dias, com frigorífico da região de Bauru, que deve ser o ex-Modelli, da cidade mesmo, ou o Frigol, de Lençóis Paulista. Provavelmente é primeiro, que recém-vendido após muito tempo em recuperação judicial, precisa pagar um pouco mais mesmo para boi comum pois ainda não agrega fornecedores como antes. De todo modo, bom negócio, mostrando que há fôlego melhor distribuído no mercado, fora do eixo dos grandes, contribuindo ainda a falta de animais em maior volume.

Aliás, a informação do sistema de negociação dos membros do Grupo Pecuária Brasil, é que o lote foi de boi confinado, o que revela também que a oferta se restringe aos confinadores.

Vale ressaltar que por boi comum a classificação também é larga, entre o mínimo e o máximo em acabamento e rendimento de carcaça.

O consultor Gustavo Figueiredo, da AgroAgility, também para a mesma unidade bauruense, informou comercialização de um cliente a R$ 157,00 livre de Funrural.

Porém, no grupo de conversas por aplicativo da consultoria, também foi reportado tentativa do Marfrig de Promissão – um dos grandões, igualmente de São Paulo -, de pagar R$ 159,00 por boi comum, no que teria sido recusado pelo vendedor pedindo R$ 1,00 a mais pela @.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Confiando nas informações, são exemplos de que há negócios acima da média de R$ 157/158,00 para descontar impostos na maior praça consumidora. Frisando: animal sem bonificação.

Como também existe no Mato Grosso do Sul, uma das mais importantes rebanhos, predominantemente a pasto, portanto o mais curto em volume no momento. Marco Garcia, ex-presidente do Sindicato Rural de Três Lagoas e membro da comissão de pecuária da Famasul, tem registrado na cidade, onde a @ é mais deprimida que em outras praças, venda a R$ 147,00 de boi Europa mais cota Hilton, enquanto a média para boi comum está em R$ 145,00, mas com preços mínimos de balcão a R$ 142,00.

O último valor é o igual visto pela Scot Consultoria.

Ontem, quinta, os negócios estavam meio lentos em volume, daí que os indicadores pouco andaram para a Scot, como também hoje para São Paulo (R$ 153,50, às vista) e demais praças, com exceção Goiás e Triângulo Mineiro, além de Três Lagoas.

 

Última atualização por Giovanni Lorenzon - 16/08/2019 - 15:49