Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

BNP Paribas lança AliX, bot ativado por voz para operações de câmbio

Bloomberg - 12/09/2019 - 13:51
O BNP Paribas está oferecendo aos clientes um bot ativado por voz para ajudá-los a negociar moedas, uma tecnologia (Imagem: Christophe Morin / Bloomberg)

“AliX, consiga alguns euros.”

O BNP Paribas está oferecendo aos clientes um bot ativado por voz para ajudá-los a negociar moedas, uma tecnologia que, segundo o banco, é a primeira desse tipo para operações de câmbio.

“A ideia é nos aproximarmos de nossos clientes e oferecer um serviço mais eficaz, o que significa mais receita”, disse Asif Razaq, chefe global de execução algorítmica de câmbio do BNP Paribas. O recurso “torna os clientes e vendedores mais eficientes para focar numa perspectiva mais ampla e negociações maiores”.

A novidade destaca a incansável marcha da automação em bancos de investimento, já que as divisões de trading buscam novas maneiras de contornar a queda da receita. O UBS e o HSBC também estão incorporando robôs em emissões de títulos.

O bot ALiX, que segundo o banco tem gênero neutro, funciona como um complemento do software para a plataforma de câmbio Cortex LIVE do BNP. O recurso fornece aos clientes comentários contínuos sobre execução e negociação, destacando eventos importantes como anúncios do Banco Central Europeu, movimentos do mercado ou mudanças de liquidez. O bot pode reagir a mais de 100 mil pontos de dados por segundo.

O bot, que foi desenvolvido por uma equipe em um período de dois anos, será lançado globalmente para milhares de usuários, segundo o BNP.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Segundo Razaq, à medida que ALiX conhece melhor o cliente como indivíduo, “começará a criar um perfil e a enviar mensagens específicas contextualizadas”, disse. “Então você pode começar a conversar com ALiX e vai parecer um diálogo com alguém que responde não apenas como um robô.”

Última atualização por Diana Cheng - 12/09/2019 - 13:51