Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Bancos globais anunciam quase 50 mil demissões em 2019

Bloomberg - 15/08/2019 - 7:54
Deutsch Bank
Europa acumula maior número de demissões, efeito da fragilidade econômica global (Imagem: Facebook oficial)

Bancos em todo o mundo anunciaram mais de 48.500 demissões este ano, sob o impacto da economia mais frágil. Os cortes de empregos foram maiores na Europa, onde bancos se preparam para a continuidade das taxas de juros negativas que afetaram os lucros nos últimos cinco anos.

O problemático Deutsche Bank, da Alemanha, encabeça a lista com um plano para eliminar 18 mil empregos até 2022, ou quase 20% de sua força de trabalho. Mas o espanhol Santander, os britânicos HSBC e Barclays e o francês Société Générale também planejam demissões. O italiano UniCredit avalia cortar até 10 mil empregos, disseram pessoas com conhecimento do assunto, mas esses números ainda não foram incluídos no total global de demissões anunciadas.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

O número total de demissões no setor bancário ao redor do mundo provavelmente é ainda maior, porque alguns bancos estão reduzindo as operações sem divulgar o impacto bruto. Além disso, há cortes de empregos em andamento que foram anunciados antes deste ano, mas ainda precisam ser concluídos.

Última atualização por Lucas Simões - 15/08/2019 - 7:54