Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Azul desiste de parceria com Correios ao ver que sozinha vai mais longe

Gustavo Kahil - 27/03/2019 - 20:40
Airbus
“A companhia acredita que é de seu interesse ter flexibilidade para celebrar outros acordos comerciais”

A Azul (AZUL4) decidiu não realizar um acordo comercial com os Correios referente à criação de uma empresa privada de solução de logística integrada, informou a empresa por meio de um comunicado enviado ao mercado nesta quarta-feira (27).

Segundo a empresa, o forte crescimento de receitas na Azul Cargo Express – recorde de 57% em 2018 -, ficou acima do que era estimado nas projeções iniciais com os Correios.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

“Como resultado, a companhia acredita que é de seu interesse ter flexibilidade para celebrar outros acordos comerciais mais favoráveis, assim como participar de futuros processos de licitação competitiva dos Correios para o transporte de cargas”, disse.

Segundo John Rodgerson, CEO da Azul, a companhia continua em busca de novos clientes em uma lista que já inclui  as principais empresas e-commerce, varejistas e fabricantes do Brasil, como Mercado Livre, Pague Menos, e Samsung.

“Com a adição de aeronaves de nova geração em nossa frota, que possuem maior compartimento de carga, esperamos ver uma contribuição significativa de margem proveniente da nossa unidade de negócio de cargas nos próximos anos”, conclui.

Leia mais sobre: Aviação, Azul, Correios, Empresas, Instagram

Última atualização por Vitória Fernandes - 27/03/2019 - 20:58