Últimas Notícias Tesouro Direto Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Cripto
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Avianca descarta recuperação judicial; empresas querem reaver aviões

Equipe Money Times - 07/12/2018 - 8:58

Avianca

As empresas de leasing de aeronaves BOC Aviation e Constitution Aircraft pedem a devolução de pelo menos 12 aeronaves em posse da Avianca. Só para a Constitution Aircraft, a Avianca deixou de pagar parcelas do arrendamento de 11 aeronaves, de acordo com o processo judicial, informa nesta sexta-feira (7) reportagem de Rodrigo Carro, Beth Koike e Joice Bacelo publicada no Valor Econômico.

As duas empresas obtiveram liminares, na Justiça de São Paulo, para reaver as aeronaves. A informação foi antecipada ontem (6) pelo jornal “Folha de S. Paulo”.

A Avianca Brasil, em nota distribuída na tarde desta quinta-feira, negou “qualquer rumor relacionado a um possível pedido de recuperação judicial” e destacou “que suas operações não foram ou serão impactadas.” A companhia aérea argumentou que “negociações fazem parte da rotina de qualquer empresa para otimização de resultados”. Na visão da Avianca, processos como este são previstos pela empresa.

Continua depois da publicidade

“Fatores externos como a alta do dólar, o aumento histórico do preço do combustível de aviação e a greve dos caminhoneiros têm desafiado todo o setor em 2018. Nesse contexto, é natural e previsto que todas as empresas busquem otimizar a gestão de seus recursos da melhor forma possível, o que inclui a adequação de frota à demanda de passageiros”, justificou a Avianca Brasil ao Valor.

Neste ano, segundo balanço da companhia, o grupo Avianca obteve US$ 427,7 milhões em empréstimos de leasing para financiar a compra de seis aeronaves de modelos A321, A330, B787 e A320. No primeiro semestre, a Avianca Brasil acumulou prejuízo líquido de R$ 175,6 milhões, perda 24,4% superior à apurada entre janeiro e junho de 2017. A receita operacional bruta cresceu 116%, para R$ 2,1 bilhões.

Leia mais sobre: Aviação, Avianca, Empresas, Negócios
Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você