Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Aviação: Veto ao despacho gratuito de bagagem irá beneficiar entrada de companhias

Diana Cheng - 26/09/2019 - 12:34
Bagagem
“O veto era algo que poderia elevar as tarifas das passagens aéreas”, diz a corretora (Imagem: Rovena Rosa/Agência Brasil)

A decisão do Congresso Nacional de manter o veto do presidente Jair Bolsonaro quanto ao despacho gratuito de bagagem em voos nacionais irá beneficiar a entrada de mais players no setor de aviação, de acordo com a Guide Investimentos. As empresas de baixo custo devem ser as maiores beneficiárias, pois cobram por itens extras.

“O veto era algo que poderia elevar as tarifas das passagens aéreas”, diz a corretora. “Esperamos uma reação positiva para os papéis ligados ao setor”.

O trecho do artigo que instituía que cada passageiro poderia despachar sem custo bagagens de até 23kg em voos nacionais foi elaborada durante a tramitação da Medida Provisória (MP) no Senado, em maio. O adendo foi derrubado pelo Palácio do Planalto.

Para a derrubada do veto, eram necessários ao menos 257 votos, mas apenas 247 parlamentares votaram pela revogação e outros 187 decidiram apoiar a posição de Bolsonaro.

Desde setembro de 2018, cinco companhias aéreas estrangeiras do segmento de baixo custo anunciaram a oferta de voos no Brasil. São elas: Sky Airline, Norwegian, Flybondi, Virgin Atlantic e JetSmart. Air China e Gulf Air também manifestaram intenção de entrar no país.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Última atualização por Diana Cheng - 26/09/2019 - 15:19