Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Fast

Assaí vai continuar explodindo resultado do Pão de Açúcar, avalia Credit Suisse

03/10/2019 - 15:11
“Atacarejo” Assaí deve dar maior contribuição no terceiro trimestre (Imagem: Wikimedia Commons)

Para o Credit Suisse, o resultado do terceiro trimestre do Pão de Açúcar (PCAR4) deverá ser parecido com o do segundo trimestre, o que significa: “o Assaí mantendo o mais elevado e desejável nível de eficiência, velocidade e produtividade dentro da operação”.

“Em consequência, projetamos que o Assaí está no caminho certo para cumprir o guidance de 2019, com crescimento superior a 20% na receita bruta e apresentando margem Ebitda (geração operacional de caixa sobre receita líquida) entre 6,3% e 6,4%”, dizem os analistas Victor Saragiotto e Pedro Pinto.

Por outro lado, como coadjuvante, o canal multivarejo composto por Extra e Pão de Açúcar deverá mostrar leve alta nas vendas de “mesmas lojas” (unidades abertas há pelo menos doze meses).

A alta prevista para vendas de “mesmas lojas” dentro do canal multivarejo é do avanço da inflação adicionado de 1%, com margem Ebitda perto de 5,8%. “Dificilmente este segmento atingirá o guidance dese ano”, afirma o Credit Suisse.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Multivarejo em xeque

Para combater o marasmo das operações de multivarejo, a diretoria executiva acredita na proliferação de lojas “Geração 7”, com foco em produtos perecíveis, saudáveis e orgânicos, também contendo açougue e padaria. O segmento “apresenta boa performance e 20 lojas adicionais devem ser convertidas”, apontam os analistas.

O maior desafio na avaliação do banco é fazer com que 60 hipermercados tenham ganhos similares a outros 52 da rede, cujas margens de lucro se assemelham ou são superiores às lojas menores da marca.

Novo Mercado vem aí

A migração para o Novo Mercado deverá ocorrer até o final de janeiro de 2020, elevando a transparência e o nível de governança corporativa da companhia. Além disso, a compra da colombiana Exito deverá ser concluída no meio de novembro.

A recomendação para as ações é de outperform (desempenho acima da média do mercado), com preço-alvo de R$ 112. Caso se materializem as projeções de Saragiotto e Pinto, o papel poderá subir até 40,9% em doze meses.

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 03/10/2019 - 15:11

50 entidades cobram do Google fim de apps pré-instalados no Android