Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Ásia: Índices da China atingem máxima de 2 semanas; acordo com EUA no radar

Reuters - 10/10/2019 - 7:55
Otimismo nas negociações sino-americanas traz esperança aos investidores asiáticos (Imagem: Mark Schiefelbein/Reuters)

O mercado acionário da China atingiu uma máxima de duas semanas nesta quinta-feira com investidores esperando um acordo comercial parcial com os Estados Unidos, mas notícia afirmando que as autoridades chinesas querem encurtar sua visita aos EUA limitou os ganhos.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,82%, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,78%, chegando ao nívelmais alto desde 26 de setembro.

O subíndice do setor financeiro subiu 0,2%, o de consumo ganhou 1%, e o imobiliário recuou 0,1%.

A Casa Brança está avaliando um pacto cambial com a China como parte de um acordo parcial para que o aumento planejado de tarifa na próxima semana seja suspenso, informou a Bloomberg na quarta-feira citando pessoas familiarizadas com as negociações.

O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou na quarta-feira que há uma chance muito boa de ambos os países alcançarem um acordo comercial, mas acrescentou que “na minha opinião a China quer um acordo mais do que eu”.

EUA e a China não fizeram avanços em negociações a nível mais baixo na segunda e terça-feiras, disse o South China Morning Post (SCMP), citando fontes com conhecimento dos encontros.

A notícia também afirmou que a delegação chinesa, chefiada pelo vice-premiê Liu He, planeja deixar Washington na quinta-feira, depois de apenas um dia de reuniões de alto nível.

Em Tóquio, o índice Nikkei avançou 0,45%, a 21.551 pontos.

Em Hong Kong, o índice HANG SENG subiu 0,10%, a 25.707 pontos.

Em Xangai, o índice SSEC ganhou 0,78%, a 2.947 pontos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,82%, a 3.874 pontos.

Em Seul, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,88%, a 2.028 pontos.

Em Taiwan, o índice TAIEX permaneceu fechado.

Em Cingapura, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,01%, a 3.089 pontos.

Em Sydney o índice S&P/ASX 200 avançou 0,01%, a 6.547 pontos.

Última atualização por Lucas Simões - 10/10/2019 - 7:55