Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

As 11 principais notícias para lidar com os mercados nesta quarta-feira

Equipe Money Times - 03/04/2019 - 9:42

Olá, leitor do Money Times!

Selecionamos as 11 principais notícias desta quarta-feira (3).

Confira:

Continua depois da publicidade

1 – “Vamos jogar pesado na reforma da Previdência”, diz Bolsonaro – No último dia de viagem a Israel, o presidente Jair Bolsonaro disse hoje (30) que o governo está empenhado na aprovação da reforma da Previdência. Ele reiterou que está aberto ao diálogo e disse que amanhã (4), às 8h30 começa sua agenda de audiências. Também afirmou que pode encontrar o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para conversar. Leia Mais

1.1 – Paulo Guedes vai hoje à CCJ, ministro deve chegar por volta das 14h –Leia Mais

1.2 – Governo prepara pacote de medidas para destravar economia do País – Leia Mais

1.3 – Petrobras altera estatuto para reduzir custo e agilizar plano de privatização – Leia Mais

Companhia segue com plano de desinvestimentos a todo vapor (Imagem: Divulgação)

2 – Via Varejo: Alta repentina das ações amplia especulação sobre venda – Uma alta repentina das ações da Via Varejo (VVAR3) na sessão de terça-feira (3) elevou as especulações sobre uma possível oferta de compra da empresa. A movimentação ganhou força um pouco das 16h, com um expressivo crescimento do volume negociado. As ações terminaram o dia com uma disparada de 6,56%, a R$ 4,55. O Ibovespa fechou o dia em queda de 0,7%, aos 95.386 pontos. Leia Mais

3 – Oi dá passo importante em acordo que trava sua recuperação – Oi (OIBR3OIBR4) anunciou nesta quarta-feira (3) um importante passo para o encaminhamento da sua reestruturação. Um comunicado enviado ao mercado revela que a tele brasileira o acordo realizado com a acionista direta Bratel e Pharol foi homologado em razão do período de 15 dias da publicação da decisão judicial favorável. Leia Mais

Inicia-se agora o prazo para cumprimento da segunda parte das obrigações previstas para as partes

4 – Enel: Conta de luz em São Paulo pode subir 5,67% – As contas de luz em São Paulo podem ter uma alta de 5,67% a partir de 4 de julho. A decisão está na proposta de uma audiência pública para discutir a Revisão Tarifária Periódica da Enel (ELPL3) paulista, aprovada na terça-feira pela diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Leia Mais

4.1 – CPFL pede mais tempo para oferta de ações – Leia Mais

5 – China: atividade no setor de serviços tem maior alta em 14 meses em março –A atividade no setor de serviços da China acelerou para uma alta de 14 meses em março, de acordo com uma pesquisa produzida pela Markit Economics e publicada pela Caixin nesta quinta-feira (3). Leia Mais

5.1 – Minério de ferro sobe 5,26% na bolsa de Dalian – Leia Mais

5.1 – PMI da Zona do Euro recua em março mas ainda mostra expansão da atividade – Leia Mais

Preços com energia pressionam indicador em fevereiro

6 – EUA: Setor privado contrata menos do que o esperado em março – O setor privado americano contratou menos do que o esperado pelo mercado em março. Dados do ADP reveleram que as empresas preencheram 129 mil vagas no mês, enquanto o esperado era de 178 mil. O resultado de fevereiro foi revisado para cima de 183 mil para 197 mil. Leia Mais

7 – Jatos E-2 da Embraer chegam à Africa – Embraer (EMBR3) conseguiu o seu primeiro cliente africano para os seus jatos da família E2. Segundo um comunicado enviado ao mercado pela brasileira, o acordo foi realizado com a Air Peace, maior companhia aérea da Nigéria, e envolve o modelo E195-E2. Leia Mais

8 – Mini Ibovespa: Como operar nesta quarta-feira – O cenário pede uma postura de trades mais curtos nesta quarta-feira (3) para os minicontratos de Ibovespa, sugere o analista Victor Benndorf da Benndorf Research. Em relatório enviado a clientes nesta manhã, ele argumenta que, na véspera, o WIN (nome do contrato) não contou com grandes gatilhos. Leia Mais

9 – Teresa Cristina quer aumentar parcerias com países árabes – A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, disse hoje (2) que o Brasil é amigo dos países árabes e muçulmanos. Segundo ela, há um esforço para manter este bom relacionamento com aumento da cooperação comercial. Na próxima semana, a ministra se reúne com 51 embaixadores de países árabes na tentativa de desfazer o mal-estar em torno da instalação do escritório de negócios do Brasil em Jerusalém, conforme anunciado no último dia 31 pelo presidente Jair Bolsonaro. – Leia Mais

10 – Sem OMC, custo das exportações brasileiras aumentaria 120%, diz CNI – O comércio do Brasil com países do G20, as 20 maiores economias do mundo, tende a sofrer uma sobretaxa 120% maior do que a atual, caso a guerra comercial entre Estados Unidos e China e o aumento do protecionismo continuem a reduzir a abrangência da Organização Mundial do Comércio (OMC). A análise é da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Leia Mais

11 – Brasil vai abrir mão do tratamento especial na OMC – O governo do Brasil vai começar a abrir mão do tratamento especial e diferenciado (TED) em negociações na Organização Mundial do Comércio (OMC). A iniciativa, no entanto, não implica “ qualquer alteração ou redução da flexibilidade já existente no que respeita a certas regras dos acordos da OMC vigentes”, segundo o Ministério das Relações Exteriores. Leia Mais

Bônus

Morgan Stanley otimista com Brasil por liquidez elevada e alta do crédito privado – Leia Mais

Marink Martins: A grande festa dos IPOs – Leia Mais

Leia mais sobre: Mercados, Sem Categoria

Última atualização por Gustavo Kahil - 03/04/2019 - 9:42