Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Apple planeja leitor de impressão digital para novos iPhones

05/09/2019 - 13:23
A tecnologia está sendo testada tanto dentro da Apple quanto entre fornecedores estrangeiros da empresa, disseram fontes que não quiseram ser identificadas (Imagem: Andrew Harrer/Bloomberg)

A Apple está desenvolvendo tecnologia de impressão digital embutida na tela para seus iPhones 2020, de acordo com pessoas com conhecimento dos planos. A tecnologia está sendo testada tanto dentro da Apple quanto entre fornecedores estrangeiros da empresa, embora o cronograma de lançamento possa ser adiado para a atualização do iPhone 2021, disseram as pessoas, que não quiseram ser identificadas.

Leitores de impressões digitais se tornaram onipresentes em celulares da concorrência com o sistema operacional Android: Samsung Electronics, Huawei Technologies, Oppo e Xiaomi já contam com a tecnologia. A ferramenta oferece a vantagem de eliminar a necessidade de moldura adicional ao redor da tela, enquanto mantém a segurança biométrica na parte frontal do aparelho.

A Apple introduziu o reconhecimento de impressão digital nos iPhones em 2013, após a aquisição da AuthenTec, pioneira no segmento. Integrado ao botão Home do iPhone, o sistema Touch ID era usado para desbloquear o celular, aprovar pagamentos e autorizar downloads de aplicativos, dando à Apple vantagem tecnológica com velocidade e confiabilidade. O Touch ID foi substituído por sensores de reconhecimento facial em 2017 com o lançamento do iPhone X. Promovida como Face ID, a ferramenta de reconhecimento facial novamente colocou a Apple à frente da concorrência com um sistema mais robusto e seguro do que os rivais.

O próximo leitor de impressões digitais seria embutido na tela, permitindo ao usuário digitalizar suas impressões em uma grande parte do visor, e funcionaria em conjunto com o sistema Face ID existente, disseram as pessoas a par dos planos da Apple.

Trudy Muller, porta-voz da Apple, não quis comentar.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

A Apple planeja incluir esse sensor de toque na tela no modelo 2020 do iPhone se o teste for bem-sucedido, disseram as pessoas. Fornecedores comprovaram a possibilidade de integrar a tecnologia nos iPhones, mas a empresa ainda não produziu o celular com a ferramenta em larga escala, disse uma pessoa que acompanha o desenvolvimento.

A Apple também planeja seu primeiro iPhone de baixo custo desde o iPhone SE. O modelo poderia ser lançado já no primeiro semestre de 2020, disseram as pessoas. O dispositivo seria semelhante ao iPhone 8 e incluiria uma tela de 4,7 polegadas. Atualmente, o iPhone 8 é vendido por US$ 599. A Apple vendia o iPhone SE por US$ 399 quando o dispositivo foi lançado em 2016. A expectativa é que o novo celular de baixo custo tenha o Touch ID embutido no botão home, não na tela. Artigo do jornal Nikkei havia informado sobre os planos do iPhone mais barato no início da semana.

Última atualização por Diana Cheng - 05/09/2019 - 13:23