Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Após follow-on e aumento de capital, Helbor fecha em alta de 8,62%

Investing.com Brasil - 14/10/2019 - 17:28
Os ativos passaram a ser negociados na B3 em 14 de outubro de 2019, sendo que a liquidação física e financeira ocorrerá no dia 15 de outubro

Por Investing.com

Pela segunda sessão consecutiva, as ações da Helbor (HBOR3) fecharam com forte valorização após a precificação da oferta de ações da companhia na última quinta-feira, que estabeleceram o valor de R$ 2,65 para cada papel no âmbito do follow-on, elevando o capital social da companhia para R$ 1,750 bilhões, divididos em 669.255 mil ações ordinárias.

Os ativos passaram a ser negociados na B3 em 14 de outubro de 2019, sendo que a liquidação física e financeira ocorrerá no dia 15 de outubro.

No dia seguinte à precificação, os papéis avançaram 7,41%, fechando a R$ 2,60, 9,5% acima do preço determinado. Já nesta segunda-feira (14), os papéis tiveram alta de 8,62%, negociados a R$ 3,15.

A companhia informou que não haverá procedimento de estabilização do preço das ações ordinárias de emissão após a realização da Oferta Restrita e, consequentemente, o preço das ações ordinárias de emissão no mercado secundário da B3 poderá flutuar significativamente após a colocação das mesmas.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Por fim, no âmbito da oferta prioritária, Henrique Borenstein e Henry Borenstein, bem como a sociedade Hélio Borenstein S.A apresentaram intenções de investimento aos coordenadores e irão subscrever e integralizar, pelo preço por ação, o total de 64.638.784 Ações, de modo a manter sua posição de controle na companhia.

Segundo a Helbor, os recursos captados serão usados para fomentar o lançamento de novos empreendimentos, incluindo a compra de novos terrenos e/ou por meio de suas subsidiárias.

Última atualização por Renan Dantas - 14/10/2019 - 17:28