Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Após conduzir investigações da Lava Jato, procurador do Peru renuncia

Agência Brasil - 08/01/2019 - 10:22
(Pixabay)

O procurador-geral do Peru, Pedro Chavarry, disse ter apresentado sua carta de renúncia em oposição às decisões do Conselho de Procuradores no Gabinete do Procurador. O assunto será debatido hoje (8) em reunião em Lima, no Peru. Ele conduziu as investigações relativas à Lava Jato no país.

Chegou o Pré-Market Money Times! CADASTRE AGORA e Receba antes do mercado

“Por respeito à instituição, amar a Deus e minha família, irei apresentar a minha carta de renúncia ao cargo de procurador-geral”, disse Chavarry, na sua conta pessoal no Twitter.

Continua depois da publicidade

Segundo ele, a decisão foi tomada “em prol da independência do Ministério Público”.

Conforme a Andina, agência oficial de notícias do Peru, a decisão de Chavarry foi bem recebida pelos integrantes de diversos setores da sociedade que estão envolvidos nas investigações.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

De acordo com informações de jornais peruanos, Chavarry é suspeito de envolvimento com o ex-integrante da Suprema Corte, César Hinostroza, investigado no esquema de corrupção da Lava Jato no país.

No Peru, o parlamento discute a proposta do presidente da República, Martín Vizcarra, de declarar emergência do Ministério Público, autorizando-o a afastar desde o procurador-geral até a Junta de Promotores Supremos.

Leia mais sobre: Internacional, Lava Jato, Peru, Política
Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você