Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Apesar de estar no currículo, apenas 1% dos brasileiros realmente fala inglês fluente

Vitória Fernandes - 15/07/2019 - 19:53
De acordo com a pesquisa, os dois principais obstáculos enfrentados por pessoas que pensam em aprender inglês é a falta do tempo (72%) e os preços altos dos cursos (65%) (Imagem: Pixabay)

O inglês, idioma considerado pré-requisito para diversos processos de seleção, ainda é um empecilho para muitos brasileiros. De acordo com a pesquisa do British Council e do Instituto de Pesquisa Data Popular, apenas 5% da população do país falam a língua, sendo 1% deles fluente.

De acordo com os dados, 91% consideram o idioma como a principal língua dos negócios, sendo considerado como um diferencial pelo RH das empresas. Por saberem da importância do inglês nas empresas, muitos mentem sobre o nível de conhecimento da língua para não perder a vaga.

“As empresas multinacionais que buscam profissionais bilíngues estão aplicando testes de proficiência para comprovar o grau de conhecimento dos candidatos. Não adianta colocar Inglês intermediário no CV”, explica Rodrigo Bucollo, educador há 20 anos e CEO da Best View.

As empresas tendem a requisitar domínios como a fala e a compreensão oral, que normalmente facilitam o contato com clientes, fornecedores e representantes em outros países. Sendo assim, é mais interessante investir em cursos práticos para dar vivência aos funcionários. “Para atender as necessidades do mercado, o curso precisa ser prático e oferecer situações relacionados ao cotidiano empresarial”, destaca Bucollo.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

“Normalmente, a prioridade das pessoas é desenvolver a carreira na operação da empresa e acabam deixando o inglês para depois. Mas, ao chegar em cargos de gerência, não conseguem liderar uma reunião e, muito menos, apresentar os resultados obtidos no idioma”, exemplifica.

De acordo com a pesquisa, os dois principais obstáculos enfrentados por pessoas que pensam em aprender inglês é a falta de tempo (72%) e os preços altos dos cursos (65%).

Última atualização por Diana Cheng - 15/07/2019 - 19:53