Últimas Notícias Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Criptomoedas Empresas
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

ANS muda cálculo de reajuste dos planos de saúde em 2019; oito milhões de pessoas serão atingidas

Agência Brasil - 02/01/2019 - 20:38

Em 2019, o cálculo do reajuste máximo anual dos planos de saúde será diferente.

A mudança, segundo a ANS – Agência Nacional de Saúde Suplementar – deve atingir oito milhões de pessoas e começa a valer a partir de maio.

Mas, o que muda?

Durante muito tempo, o aumento para esses planos individuais e familiares contratados a partir de 1999 era baseado na variação dos planos coletivos com mais de trinta participantes.

Mas,  agora uma nova fórmula vai estipular o aumento máximo da mensalidade calculando as despesas assistênciais das operadoras de saúde mais a variação do IPCA – Índice de Preços ao Consumidor Amplo.

O Diretor de Normas e Habilitação dos Produtos da ANS, Rogério Scarabel, detalha como será.

Para chegar ao índice anual de reajuste, a ANS vai descontar a eficiência na gestão dos planos e também a variação de gastos pela faixa etária.

Segundo o órgão, esses fatores devem contribuir para diminuir o reajuste e beneficiar quem tem esse tipo de plano de saúde.

O Diretor de Normas da Agência, Rogério Scarabel, esclarece.

Em nota, a Abrangi disse que o novo cálculo do reajuste não acabará com o desequilíbrio nas contas das operadoras nos últimos anos, mas que poderá ser modelo transitório que oferecerá mais transparência e segurança.

Leia mais sobre: ANS, Planos de Saúde, Saúde