Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Ações da Telefônica são boas opções como alternativas de dividendos, avaliam analistas

Diana Cheng - 04/11/2019 - 11:36
A companhia registrou o maior crescimento dos últimos três anos, de 2,6%, tendo o volume chegado a R$ 11 bilhões (Imagem: Equipe Money Times)

A Guide Investimentos e o Banco Safra avaliaram como bons os dados trimestrais apresentados pela Telefônica Brasil (Vivo (VIVT4)) nesta segunda-feira (4). De acordo com os analistas, a companhia segue apresentando resultados sólidos, em linha com a expectativa do mercado.

A companhia registrou o maior crescimento dos últimos três anos, de 2,6%, tendo o volume chegado a R$ 11 bilhões. De acordo com a empresa, tal resultado foi possível pela adoção de uma estratégia comercial racional e pela transformação do mix de receitas.

O lucro líquido, por sua vez, apresentou redução de 47,1% no trimestre, totalizando R$ 1 bilhão. O Ebitda caiu 15,1% e chegou a R$ 4 bilhões.

Na visão do Safra, os destaques operacionais foram a aceleração das receitas do segmento móvel e – mais uma vez – o bom controle de custo apresentado.

Outro ponto evidenciado pelo banco foi o valor investido pela Telefônica: “A Vivo investiu R$ 2,4 bilhões no terceiro trimestre de 2019, representando 22% das receitas. A quantia foi majoritariamente focada em novas plantas e projetos de expansão de FTTH (tecnologia de fibra óptica que interliga residências) e 4G”.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Boa aposta em dividendos

Vivo
Para a Guide, a Telefônica segue como uma das recomendações para a carteira de dividendos devido ao seu “perfil resiliente dos resultados” (Imagem: Renan Dantas/Money Times)

Para a Guide, a Telefônica segue como uma das recomendações para a carteira de dividendos devido ao seu “perfil resiliente dos resultados, crescimento no segmento móvel e aumento no pagamento de dividendos”.

O Safra adotou a mesma linha de pensamento.

“Acreditamos que a Telefônica seja uma boa opção para investidores que estão procurando por alternativas de dividendos”, afirmaram os analistas Luis F. Azevedo e Silvio Dória.

No entanto, considerando um potencial de valorização mais fraco, a recomendação do banco para as ações da empresa é neutra, com preço-alvo de R$ 55 para o fim de 2019.

Última atualização por Diana Cheng - 04/11/2019 - 11:36