Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Acionistas aprovam fusão entre a Aliansce e Sonae Sierra

Investing.com Brasil - 26/06/2019 - 11:43
As empresas destacaram ainda que, os acionistas titulares de ações da Aliansce que não aprovaram o negócio podem exercer direito de recesso (Imagem: Pixabay)

Por Investing.com

A Aliansce Shopping Centers (ALSC3) e a Sonae Sierra (SSBR3) Brasil comunicam, em fato relevante conjunto, que foi aprovada pelos respectivos acionistas em Assembleia Geral Extraordinária, a combinação dos negócios das companhias, através da incorporação da Aliansce pela Sonae Sierra, nos termos do acordo celebrado no dia 06 de junho.

Zema propõe fim da obrigatoriedade de referendo para privatizar a Cemig

Na manhã desta quarta-feira as ações da Aliansce operam com ganhos de 0,17% a R$ 24,14 e as da Sonae Sierra de 0,13% a R$ 29,74.

As companhias destacam que a eficácia da Incorporação está condicionada à obtenção da aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), bem como ao atendimento de outras condições suspensivas usuais para operações deste tipo. Superadas as etapas, a incorporação será consumada.

Os acionistas aprovaram também o aumento do capital social da Sonae Sierra, a ser subscrito e integralizado pelos administradores da Aliansce, com a consequente alteração do estatuto social da Sonae Sierra e a completa alteração, reformulação e consolidação do estatuto social da Sonae Sierra.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

As empresas destacaram ainda que, os acionistas titulares de ações da Aliansce que não aprovaram o negócio podem exercer direito de recesso. Para isso, devem se manifestar expressamente a intenção no prazo de 30 dias contados da publicação da ata da Assembleia Geral Extraordinária.

Os acionistas da Aliansce que não aprovaram a incorporação terão direito ao reembolso de suas ações ao valor de R$ 12,60 por ação, calculado com base no valor patrimonial da companhia.

Última atualização por Bruno Andrade - 26/06/2019 - 11:43