Quer saber o que comprar agora na Bolsa? Receba as melhores dicas do Brasil

Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

ABC Brasil volta a liderar Top 5 de expectativas do IPCA em outubro, diz BC

Investing.com Brasil - 07/11/2019 - 16:06
A top 5 vigente para o IPCA até a quarta-feira era de 0,44% no curto prazo e de 0,29% no médio

Por Investing

O Banco Central divulgou nesta quinta-feira o Top 5 Mensal de outubro com as principais instituições financeiras em relação às expectativas de mercado. Para o IPCA no curto prazo, a liderança ficou, mais uma vez, para a o Banco ABC Brasil (ABCB4) com margem de erro de 0,0350, seguido da Ativa Investimentos, BGC Liquidez, Banco Sicredi e Petros.

Já no corte de médio prazo, a Verde Investimentos ficou na primeira colocação, com margem de erro de 0,0817 seguido pela MZK Investimentos, Absolute Gestão, FGV e Quantitas Asset.

A top 5 vigente para o IPCA até a quarta-feira era de 0,44% no curto prazo e de 0,29% no médio.

Considerando o IGP-M de curto prazo, o Top 5 de julho voltou a ser liderado pelo Banco Votorantim, com margem de erro de 0,0750, seguido SPX Capital, Bradesco (BBDC4) AM, Itaú (ITUB4) e Petros.

Já para o médio prazo do índice de correção dos aluguéis, o Votorantim também ficou com a primeira colocação, com margem de erro de 0,3557. Na segunda posição ficou o Banco BNP Paribas (BNPP), seguido de Vinci Gestora, Rosenberg & Associados e Bradesco.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

A top 5 vigente para o IGP-M até a ontem era de 0,23% no curto prazo e de 0,30% no médio.

Para a taxa de câmbio, a liderança no curto prazo de setembro ficou para a Novus Capital, com margem de erro de 0,0351, seguida da Vinci Gestora, Bradesco, BTG Pactual (BPAC11) e Guide Investimentos.

Já para o médio prazo da moeda norte-americana, a liderança no mês passado para a Daycoval AM, com margem de erro de 0,1306. Já o segundo lugar ficou para a Mapfre Inv AM, seguida de JP Morgan, BW Gestão e Truxt Investimentos.

A top 5 vigente para o câmbio até a quinta-feira era de R$ 4,00 no curto prazo e de R$ 4,03 no médio.

Última atualização por Diana Cheng - 07/11/2019 - 16:06