Últimas Notícias Nova Previdência Cotações Comprar ou Vender Criptomoedas Empresas
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

10 erros financeiros que farão você se arrepender no futuro

Opinião - 08/04/2019 - 15:57

Por App Renda Fixa

Todos nós podemos a todo momento cometer erros financeiros que podem levar a um descontrole do nosso orçamento. Mesmo pessoas que ganham bons salários e possuem uma vida financeira estável podem acabar cometendo deslizes dos quais irão se arrepender mais tarde.

A maior parte dos erros financeiros pode ser evitada, bastando que você tenha um pouco de cautela e de disciplina.

Última chamada para entrar no voo das ações da Petrobras; Credit Suisse eleva recomendação

> Invista em Imóveis de Maneira Inteligente e Seja Dono dos Maiores Empreendimentos do Brasil [SAIBA COMO] <<<

Conhecer quais são os erros financeiros mais comuns cometidos pelas pessoas, pode ajudar você a evitá-los e assim garantir a estabilidade das sua vida financeira e para te ajudar nisso, é que separamos as informações e dicas que trazemos no artigo de hoje.

Veja nos próximos tópicos quais são os 10 erros financeiros mais cometidos pelas pessoas e que farão com que você se arrependa de cometê-los lá na frente. Continue a leitura.

Exclusivo! Cadastre-se para receber um dia antes a Carteira Money Times - O Consenso do Mercado

Evite os erros financeiros

Antes de falar quais são os 10 erros financeiros que farão você se arrepender, gostaria de falar sobre o porquê você deve evitá-los.

É importante ter cuidado para não cometer esses erros porque, caso contrário, você poderá acabar causando um efeito bola de neve que vai, a cada dia mais, prejudicar as suas fianças.

Ficar endividado, sem recursos para pagar suas contas e com dificuldades de se manter financeiramente não é o desejo de ninguém, sendo assim, evitar cometer erros financeiros é muito importante.

Você não precisa ser nenhum especialista no mundo das finanças para proteger o seu patrimônio e alcançar estabilidade e segurança financeira.

Com um pouco de dedicação para estudar sobre o tema e disciplina para manter o foco e cuidar melhor do seu dinheiro, é possível alcançar essa estabilidade e essa segurança.

Para te ajudar nisso, veja a seguir quais são os principais erros financeiros que você deve evitar.

Gastar mais do que recebe

Esse é um dos erros financeiros mais comuns, em especial no Brasil, um país onde a educação financeiranão é estimulada e nem valorizada: o de gastar mais dinheiro do que aquilo que se ganha.

Se você gasta mais do que recebe, independentemente se você é assalariado ou se tem o seu próprio negócio, em pouco tempo o seu orçamento vai ficar descontrolado e você vai estar afundado em dívidas.

Antes de gastar dinheiro, pense na real necessidade de adquirir aquele produto ou serviço e pense se ele cabe dentro da sua realidade financeira nesse momento.

Manter o controle dos seus gastos e viver um padrão de vida de acordo com os seus rendimentos é o primeiro passo para que você possa alcançar estabilidade e segurança financeira.

Investir sem antes quitar suas dívidas

Investir dinheiro é muito importante para quem quer ter estabilidade financeira. Fazendo isso, você pode aumentar o seu patrimônio e obter os recursos que precisa para realizar seus sonhos e objetivos.

Entretanto, um dos erros financeiros mais cometidos quando o assunto é investimentos é o de começar a aplicar dinheiro antes de pagar tudo aquilo que você deve.

Se você tem dívidas em aberto, a sua prioridade deve ser quitá-las e só então você deverá destinar parte dos seus recursos para os investimentos.

Isso porque quanto mais tempo você deixa os seus débitos em aberto, maior vai ficando o seu saldo devedor em virtude da ação das taxas de juros sobre as suas dívidas.

Não fazer um planejamento

Outro vilão das finanças é a falta de planejamento, mais um dos erros financeiros que com certeza farão você se arrepender caso seja cometido.

O planejamento é um dos seus principais aliados no caminho para alcançar a sua estabilidade e a sua segurança financeira.

Com um bom planejamento financeiro você pode controlar as suas receitas e as suas despesas, sendo capaz de avaliar qual é a sua realidade financeira e quais atitudes você deve tomar para torná-la mais próspera, se necessário.

Além disso, é uma forma de programar os seus gastos e agir de forma consciente para atingir os seusobjetivos e realizar os seus sonhos.

Não montar sua reserva de emergência

Quem não tem uma reserva financeira de emergência, está cometendo um dos grandes erros financeiros que podem levar à problemas graves.

Uma reserva financeira de emergência é muito importante, uma vez que sem ela, você não está protegido das inúmeras eventualidades que podem acontecer na sua vida.

Já pensou no que pode acontecer caso você perca o emprego ou fique impossibilitado de trabalhar por causa de um acidente ou doença? Você conseguiria manter o mesmo padrão de vida que tem hoje se isso acontecesse? Provavelmente não, certo?

Além disso, a reserva financeira também serve para que você tenha os recursos necessários para cobrir gastos inesperados, como o conserto do seu veículo se ele apresentar um defeito de uma hora para outra ou reparos na sua casa que possam ser necessários.

Confundir seguro de vida com investimento

Seguro de vida não é um investimento, e quem confunde uma coisa com a outra, está cometendo mais um dos erros financeiros que podem atrapalhar bastante as finanças.

A semelhança entre ambos é o fato de que eles possuem foco no futuro das suas finanças, entretanto, as abordagens são bastante distintas.

Enquanto os investimentos possuem o objetivo de oferecer rendimentos futuros, o seguro é uma proteção contra os riscos.

Enquanto o foco do seguro de vida é a proteção financeira, a do investimento é a rentabilidade.

Contar apenas com a aposentadoria pública

Não pensar na sua aposentadoria, contando apenas com o INSS para esse momento, é mais um dos grandes erros financeiros que você não deve cometer.

Se você quer envelhecer sem enfrentar problemas financeiros, deve procurar alternativas para ter uma renda melhor do que a que aposentadoria pública poderá te oferecer.

É bem provável que ao se aposentar, seus rendimentos mensais caiam, e se você não tiver um fundo de aposentadoria independente do INSS, as chances de que o seu padrão e a sua qualidade de vida caiam são bastante altas.

Você pode investir em um plano de previdência privada ou escolher algum tipo de aplicação financeira para ter uma reserva de dinheiro para quando se aposentar, dependendo do seu perfil e dos seus objetivos, mas o mais importante é não contar apenas com o INSS para isso.

Investir em algo só porque ouviu falar

Para escolher a melhor opção de investimento para fazer o seu dinheiro render e conquistar os seus objetivos, vários fatores devem ser levados em consideração, tais como, a rentabilidade da aplicação, os seus objetivos, o seu perfil de investidor, entre outros.

Porém, se você decidir optar por determinado investimento apenas porque ouviu dizer que ele é uma boa ideia, estará cometendo mais um dos erros financeiros dos quais você vai se arrepender.

A escolha do melhor investimento para você deve ser feita de acordo com aquilo que você precisa. Nem sempre o que funcionou bem para o seu amigo, vai funcionar tão bem para você.

Não definir objetivos

Para realizar os nossos sonhos, na maioria das vezes, vamos precisar fazer um investimento financeiro e para conseguir os recursos necessários, é preciso ter objetivos bem definidos.

Não definir os seus objetivos é outro dos erros financeiros que podem prejudicar a sua vida, uma vez que, quando não se tem objetivos, é difícil se planejar e se manter motivado a poupar dinheiro.

Ter em mente os seus objetivos financeiros de forma clara vai ajudar você a abrir o caminho para realizar os seus sonhos, uma vez que sabendo aquilo que você deseja, fica mais fácil definir o que você precisa fazer para chegar lá.

Usar o cartão de crédito em excesso

Mais um dos erros financeiros mais comuns é o de abusar do cartão de crédito, o que pode causar um grande rombo no seu orçamento.

Tenha em mente que o cartão de crédito não é uma extensão dos seus rendimentos e que quando você não paga as faturas, você pode acabar entrando no rotativo do cartão, tendo de pagar juros altíssimos.

A chance de acabar em apuros e com dívidas exorbitantes para pagar por causa do uso abusivo do cartão é bastante alta, por isso, evite o máximo que puder.

Não saber dizer não

Outro dos erros financeiros dos quais você vai se arrepender é o de não saber dizer não quando necessário.

Emprestar dinheiro para um amigo, comprar brinquedos ou roupas caras para os seus filhos apenas porque eles pediram, entre outras atitudes que quem tem dificuldade em dizer não, podem acabar fazendo com que você gaste mais do que deveria, por isso, evite.

Money Times no Messenger!
Notícias selecionadas para você
Recomendados para você
Exclusivo: Método de Luiz Barsi é revelado em curso inédito